Poder Judiciário de Santa Catarina


Núcleo de Conciliação obtém acordo de R$ 264 mil na comarca de Criciúma

    24/10/2012 15:14 Listar notícias Consultar notícias Enviar esta notícia por e-mail Visualizar a notícia anterior Visualizar a próxima notícia

   O Núcleo de Conciliação de 2º Grau do Tribunal de Justiça, que esta semana promove evento na comarca de Criciúma, celebrou acordo em ação que envolvia cerca de R$ 270 mil – entre indenizações e honorários advocatícios. O desembargador aposentado Orli de Ataíde Rodrigues presidiu a audiência cujo expressivo resultado foi comemorado pelos demais integrantes do Núcleo de Conciliação do TJ.

   Uma empresa de segurança viária, com o objetivo de pôr fim a processo iniciado em 2006, assumiu a obrigação de indenizar viúva e filho de operário morto após receber descarga elétrica, quando instalava um semáforo em cruzamento da cidade, em outubro de 2002. Além de pagar R$ 150 mil à viúva e outros R$ 70 mil ao filho do trabalhador, a empresa concordou em honrar os honorários devidos à advogada da família, no valor de R$ 44 mil, o que alcançou o total de R$ 264 mil.

   Segundo o desembargador Luiz Fernando Boller, presidente do Núcleo de Conciliação do TJ, esta composição, emblemática, exemplifica a importância de assegurar aos jurisdicionados uma alternativa consensual para a solução de conflitos. O Núcleo, além de Boller e do desembargador Orli, atua no sul do Estado com o auxílio do juiz aposentado Samir Oseas Saad até esta quinta-feira (25/10).



Esta notícia foi acessada 2239 vezes.     

  Veja abaixo as fotos desta notícia  
--- Galeria de Imagens ---

  • Fotos: Arquivo/Assessoria de Imprensa TJSC

  •      Responsável: Ângelo Medeiros - Reg.Prof.: SC00445(JP)
         Textos: Angelo Medeiros, Maria Fernanda Martins, Daniela Pacheco Costa, Sandra de Araujo e Americo Wisbeck.




    Copyright © 2008 Poder Judiciário de Santa Catarina. Todos os direitos reservados.