Poder Judiciário de Santa Catarina


Nunca é tarde para conciliar: acordo encerra ação que atravessou décadas

    10/04/2013 18:02 Listar notícias Consultar notícias Enviar esta notícia por e-mail Visualizar a notícia anterior Visualizar a próxima notícia

   O Núcleo de Conciliação do 2º Grau reuniu-se pela segunda vez em 2013 no Tribunal de Justiça, na tarde desta quarta-feira (10/4), para mais audiências conciliatórias. Todos os processos que foram levados ao núcleo estavam pendentes de apelação cível – um deles, inclusive, há mais de 20 anos em discussão judicial. E hoje foi dia de encerrar esta discórdia que atravessou décadas, em acordo entabulado que envolveu cerca de R$ 40 mil, a partir de uma nota promissória não resgatada em fevereiro de 1992 (2012.009108-4).

    As principais matérias, além das ações de cobrança, foram processos de indenização por danos morais e/ou materiais e revisionais. Ao total, foram nove processos, com início dos trabalhos às 14 horas. Esta foi a primeira audiência conciliatória no TJ após a passagem do Núcleo pela comarca de Chapecó, nos dias 26 e 27 de março, sob a presidência do desembargador Luiz Fernando Boller. Na oportunidade, foram apreciados 244 processos, todos também pendentes de decisão em apelações cíveis.

   Participaram como conciliadores nesta tarde o desembargador aposentado Carlos Alberto Silveira Lenzi, coordenador do núcleo, e o advogado Plínio Bueno, conciliador honorário.



Esta notícia foi acessada 3190 vezes.     

  Veja abaixo as fotos desta notícia  
--- Galeria de Imagens ---


     Responsável: Ângelo Medeiros - Reg.Prof.: SC00445(JP)
     Textos: Angelo Medeiros, Maria Fernanda Martins, Daniela Pacheco Costa, Sandra de Araujo e Americo Wisbeck.




Copyright © 2008 Poder Judiciário de Santa Catarina. Todos os direitos reservados.