Poder Judiciário de Santa Catarina


Núcleo de Conciliação do TJ fecha tarde de audiências com 70% de acordos

    19/09/2013 18:32 Listar notícias Consultar notícias Enviar esta notícia por e-mail Visualizar a notícia anterior Visualizar a próxima notícia

   O Núcleo de Conciliação do Tribunal de Justiça, sob a presidência do desembargador Luiz Fernando Boller e a coordenação do desembargador aposentado Carlos Alberto Silveira Lenzi, promoveu nesta semana mais uma jornada de trabalho com expressivo resultado de 70% de êxito em 20 audiências realizadas.

   O desembargador Silveira Lenzi e o juiz Samir Oseas Saad, também aposentado, atuaram simultaneamente na busca de acordos em duas salas do Núcleo de Conciliação, ao longo da tarde da última quarta-feira (18/09). Em um processo de 2005 , cuja conciliação foi coordenada pelo desembargador Lenzi, foi acordada uma indenização de R$ 400 mil, referentes a danos morais sofridos por uma família que perdeu o filho em acidente de trânsito.

   Entre as audiências comandadas pelo juiz Saad, destaque para um acordo de R$ 48 mil em favor de uma empresa que havia tido dificuldades em cobrar da seguradora o valor equivalente a perda total de um veículo. O desembargador Lenzi, entusiasta da conciliação pré-processual, ressalta que antes de entrar em juízo as partes devem tentar buscar um acordo.  Ele lamenta a ausência da cultura de conciliação no ensino jurídico no Brasil. “O que existe é uma busca desenfreada pelo lucro nos litígios”, atesta.

   Na sua opinião, é de extrema importância que as partes estejam presentes na audiência, e não apenas os seus representantes, pois assim pode-se explicar a real importância da conciliação para aqueles que são os verdadeiros interessados. Os processos pautados desta vez eram, em regra, relacionados a seguros de veículos.

    A seguradora demonstrou interesse em propor conciliação nos processos que não resultaram em acordo por ausência das partes. Os autores, oriundos do Oeste do Estado, não puderam estar presentes. O Núcleo de Conciliação, criado no Tribunal de Justiça há sete anos, também promove conciliações itinerantes em comarcas do interior, quando há volume de processo de determinada matéria e interesse das partes (AC2011.033180-6 e  AC 2011033180-6).



Esta notícia foi acessada 2975 vezes.     

  Veja abaixo as fotos desta notícia  
--- Galeria de Imagens ---

  • Fotos: Bruna Eloise/Assessoria de Imprensa TJSC

  •      Responsável: Ângelo Medeiros - Reg.Prof.: SC00445(JP)
         Textos: Angelo Medeiros, Maria Fernanda Martins, Daniela Pacheco Costa, Sandra de Araujo e Americo Wisbeck.




    Copyright © 2008 Poder Judiciário de Santa Catarina. Todos os direitos reservados.