Poder Judiciário de Santa Catarina


Conciliação resolve diferenças entre casal após mais de 3 anos de litígio

    24/10/2012 18:25 Listar notícias Consultar notícias Enviar esta notícia por e-mail Visualizar a notícia anterior Visualizar a próxima notícia

   O Núcleo de Conciliação de 2º Grau do Tribunal de Justiça, que realiza audiências em Criciúma desde a última terça-feira (23/10), obteve novo resultado positivo, desta feita em ação da área de família.

   Em audiência sob o comando do desembargador Luiz Fernando Boller, presidente do Núcleo, um casal de Criciúma pôs fim a uma discussão iniciada em junho de 2009, com a liquidação de alimentos devidos pelo homem, no valor de R$ 22 mil, além de honorários devidos à advogada da mulher, no valor de R$ 2 mil.

   Na oportunidade, as partes também dispuseram acerca da partilha de bens e da guarda da filha menor do casal, com desistência do marido ao recurso interposto contra a sentença que havia reconhecido a existência da união estável.

    “A conciliação em processos desta natureza revela o amadurecimento e a consciência dos consortes acerca da necessidade de superar dissidências passadas, mantendo um ambiente de mútuo respeito e cordialidade, essencial ao bem-estar e à evolução psicológica e intelectual do filho comum que, em verdade, queiram ou não, os unirá, ainda que de forma indireta, para todo o sempre”, analisou Boller.



Esta notícia foi acessada 2035 vezes.     


     Responsável: Ângelo Medeiros - Reg.Prof.: SC00445(JP)
     Textos: Angelo Medeiros, Maria Fernanda Martins, Daniela Pacheco Costa, Sandra de Araujo e Americo Wisbeck.




Copyright © 2008 Poder Judiciário de Santa Catarina. Todos os direitos reservados.